Archive for Dia-a-dia

Vegetariando Fora do Brasil

Vegetariando

 

Vou começar lembrando, pra quem tá esquecido, que sou vegetariana. Nunca comi carne na vida! É ponto pacífico lá em casa: nossos pais nos criaram (a mim e ao meu irmão) como vegetarianos desde o nascimento, mas depois, quando crescemos e tivemos idade suficiente para entender e fazer nossa escolha de forma madura, ambos optamos por continuar com este estilo de alimentação (e por que não dizer “de vida”, né?)

Aí é que está: ser vegetariano em casa é fácil, mas nem sempre na rua o negócio é tão simples. E isso porque sou ovolactovegetariana consumo derivados do leite e ovos, imagina se não fosse! As opções geralmente envolvem massas ou cenas do tipo Oi amigo, vocês servem algum prato vegetariano aqui no restaurante? -Ah, pra vegetariano nós temos uma saladinha! Salada é bom, claro, mas poxa vida, né?

Perco a conta de quanta gente me pergunta até hoje Mas o que você come então, se não come carne? E a reposta, sempre na ponta da língua Tudo o que você pode comer, menos carne! E não é na intenção da grosseria, gente, é a mais pura verdade em uma frase simplificada. Cês entendem? Eu sempre explico melhor, depois de dar essa respostinha.

Daí que vir para o exterior normalmente muda esse cenário pra mim – nos restaurantes, que oferecem muuuito mais opções, mas também nos mercados. Ahh, é uma beleza de variedade :D São coisas raras ou inexistentes onde moro. Nos mercados encontramos bifes de soja com queijo, nuggets, bolonhesa de soja para preparar molhos, salsichas, hambúrgueres vegetarianos de todos os tipos e outras tantas coisas de nomes diferentes, como esse Schnitzel aí da foto. Aqui é comum encontrarmos uma aviso no cardápio ou na embalagem, indicando que o alimento é apropriado para o consumo dos vegetarianos/veganos. É muito legal!

Claro que o mérito do post não é discutir se ser vegetariano é bom, se é “errado” ou se é “certo”… respeito a opinião de cada um, de coração. Inclusive namoro um rapazinho que é louco por carne, ok? Sem dramas! Fica só uma reflexão e um desejo de que as coisas pra nós, vegetarianos, se tornem um pouquinho mais fáceis no Brasil, com menos preconceito e mais variedade. Garanto que tem muita receita vegetariana por aí pra dar água na boca de gente que nem se permite experimentar uma vez ou outra. Não seja um desses! :)

Viagens Longas e Seus Rituais de Beleza

Sempre que a viagem é longa eu me preparo pros constantes cuidados com a beleza dos quais já sei que vou ter que dar conta sozinha. Na verdade não exatamente TENHO que dar conta de nada, claro que posso procurar o salão mais próximo, mas acabo preferindo me aventurar comigo mesma, por alguns motivos. Primeiro que nem sempre os preços são amigáveis dependendo do lugar onde se está e segundo: os costumes pros quesitos de beleza nem sempre são exatamente os mesmos (experimente fazer a unha ou se depilar em terras gringas pra entender do que tô falando) o que nem sempre é resolvível com a conversa – simplesmente as vezes o profissional não sabe ou não está acostumado a fazer uma cutícula ou uma depilação daquele jeitinho que a gente prefere. O último motivo, que é o mais relevante, é que realmente gosto e quero me aperfeiçoar nestes “rituais femininos”, afinal pra mim não existe nada melhor do que me sentir independente e conseguir manter tudo em dia, até mesmo naquelas semanas apertadas em que não deu pra encaixar nem um pulinho no salão!

Viagem-Rituais-de-Beleza-1Tento manter as unhas apresentáveis, ainda que nem sempre pintadas. Costumo tirar as cutículas (hábito que pretendo abandonar em breve, na minha centésima tentativa) e passar uma base fortalecedora, sem falar na lixadinha básica! Dessa vez até trouxe umas postiças lindas, que pretendo testar em breve.

Viagem-Rituais-de-Beleza-2A depilação fica muito por conta de giletes, infelizmente, mas é assim que precisa ser desde que comecei a fazer depilação a laser – remoção dos pelos pela raiz é um super NO NO depois que se inicia o processo com ele. Os creminhos também ajudam bastante, principalmente na área do buço. Olha o nome da marca que achei essa semana? :D Ainda vou testar mas TEM que ser boa! hihih

Viagem-Rituais-de-Beleza-3Por último e não menos importante, as sobrancelhas, estrelas do ritual com que tenho mais cuidado e atenção. Desde que comecei a me aventurar com uma pinça percebi que o negócio era mais complicado do que eu imaginava – cada vez que abria um buraco ou afinava demais as danadas. Continuo tentando e me aperfeiçoando e posso dizer que já tenho muuuito mais habilidade hoje do que tinha há um ano atrás, por exemplo. Uma dica valiosa é sempre tentar fazer as sobrancelhas com o máximo de iluminação possível e eu, pessoalmente, prefiro sempre a luz natural, me posicionando nas varandas ou próxima de janelas amplas :)

O SPA dos Pés da Imaginarium

Spa-dos-Pes-Imaginarium-1 Spa-dos-Pes-Imaginarium-2

 

Acho que não sou a única que corre pra Imaginarium quando sente vontade de presentear alguém de forma criativa, né? :D Essa almofadinha fofa, uma das últimas coisas que dei ao Erik, foi um dos achados mais legais das minhas últimas visitas! É um SPA dos pés: você posiciona os ditos cujos nela e aciona o botãozinho que vai fazer a almofada vibrar, o que promete uma massagem super relaxante! Importante ter os pés cuidados também, a reflexologia que o diga! O motorzinho da almofada tem três intensidades e funciona à base de pilhas do tipo AA. É uma ideia super diferente pra um presente, né? Se gostou, pode conferir aqui. Ele quem ganhou, mas eu que mais aproveito muahaha!  :*

Midsummer na Suécia!

Midsummer-1

 

Ontem foi feriado de Corpus Christi no Brasil, mas o feriado pra mim foi hoje, afinal é o dia do famoso Midsummer ou Midsommar sueco, que é um dos feriados mais importantes do país e mais comemorados do país!

Midsummer-2

 

Ele sempre acontece na sexta feira que cair entre os dias 19 e 25 de junho, quando grande parte das pessoas e as crianças estão nas deliciosas férias de verão. É um feriado, que, de certa forma, comemora a data de nascimento de São João e celebra também o verão: o dia de comemoração representa o dia mais longo do ano inteiro – o sol nasce bem cedinho e se põe super tarde!

Midsummer-3

 

As comemorações são feitas entre amigos e família, sendo que os grandes centros das comunidades normalmente organizam festas em céu aberto para os habitantes locais. Elas envolvem música, dança, picnics e muita, muita criançada :D

Midsummer-4

 

Hoje Erik me levou mesmo com tempo nublado :( para assistir às festividades de Midsummer de um “distrito” próximo ao nosso e apesar de todas as diferenças, consegui me lembrar bastante do nosso amado São João, principalmente ao ver os casais dançando e as crianças aproveitando a farra!

Midsummer-5

 

Uma espécie de poste florido sempre marca presença e é de lei que danças sejam feitas ao redor dele. É um dia em que muita gente come o peixe arenque acompanhado por batatas e sour cream com cebolinha. Morangos também não podem faltar! No fim do dia uma fogueira é acesa olha o São João aê, suecada! :D

Midsummer-6

 

Além do poste florido, mulheres e crianças costumam usar coroas de flores na cabeça, que podem tanto ser artificiais quanto feitas à mão mesmo, com flores frescas! Pelo que pude perceber, muita gente sabe e gosta de confeccionar as lindas coroas :) A minha eu ganhei da irmã super fofa do Erik. Amei demais!

« Older Entries