Tag Archive for Reconstrução de maquiagem em pó

Recuperando a maquiagem: soro ou álcool?

Reconstrução-de-Make-1

Por muito tempo, quando alguma maquiagem em pó compacto caia no chão ou tombava com algo e se desfazia em mil pedaços, eu continuava usando mesmo assim, na preguiça, ainda que tivesse que tomar um pouco mais de cuidado para não fazer sujeira. Depois de um tempo tomei vergonha na cara e comecei a usar aquele velho truque das gotinhas de álcool para criar uma nova massinha que, depois de prenssada e seca, me trouxesse novamente um produto inteiro.

 

Reconstrução-de-Make-2Um dia, passeando por um blog, li sobre a reconstrução dos produtos em pó através do soro fisiológico ou até mesmo colírio!  e me dei conta de que ainda não havia visto nada assim: tudo que havia tentado até então tinha envolvido as benditas gotinhas de álcool. Lembro que fiquei pensando: será que não é muito melhor com o soro? Justamente por conta da agressividade dos produtos – não preciso nem ser quimica pra perceber que o álcool é bem mais forte do que o soro, mais inflamável e com certeza mais intenso para a pele. Inclusive, até onde sei, o soro fisiológico é indicado também para a hidratação da pele! Por não conseguir precisar exatamente a influência que o álcool provoca no pó da maquiagem evapora completamente ou deixa resíduos? E de que tipo? Prejudica a pele? decidi que optaria pelo soro, a partir de agora. Simplesmente me parecia uma escolha mais… “saudável e seguro”, digamos assim!

 

Reconstrução-de-Make-3Daí, na primeira recuperação que resolvi fazer, depois da reflexão, quis cuidar logo de dois produtos, uma sombra da Nivea e um pó bronzeador da quem disse, berenice? e iniciei o processo. Reparei, surpresa, que enquanto o uso do soro deu bastante certo para a sombra, simplesmente não dissolveu NADA do bronzeador! O pó ficava lá, separadinho, como que recusando a se misturar! Interessante, né? Não entendi porque isso acontece, qual diferença entre um e outro, mas logo depois adicionei umas gotinhas de álcool e tudo se resolveu. Resolvi compartilhar o acontecido com vocês para que pensem sempre em, antes de tentar o álcool, dar uma chance ao soro, justamente pelas dúvidas que já mencionei. Daí, somente caso não dê certo mesmo, passar para a opção mais “agressiva”. O que pensam? Melhor prevenir do que remediar, né? :)

 

Aaah, lembrando que amanhã sai o resultado do sorteio! :D Boa sorte para todos!