Tag Archive for The Fault in Our Stars

Eu li: A Culpa é Das Estrelas.

CulpaEstrelas1

 

“A Culpa é das Estrelas (The Fault in Our Stars)” é um livro escrito por John Green e lançado em janeiro de 2012. A versão em filme deverá chegar ainda esse ano! É até meio difícil resenhar sobre um livro tão… único. Mas abracei o desafio, por ser tão lindo! A amiga que me indicou a obra, Jana querida, me disse “Dea, li o livro em menos de 48h, mas já quero ler de novo”. Fiquei até sem entender na hora, mas depois que eu mesma terminei a leitura pude perceber o que ela quis dizer – e já quero, em breve, ler de novo também. É um livro cheio de reflexões e pensamentos profundos, que chegam ao leitor através da personagem principal, Hazel Grace, a adolescente mais adulta que já conheci através de um livro.

 

Creio que Hazel é tão madura assim por conta da sua condição de vida – que, entre outras coisas, a limita bastante fisicamente. Quando você lê o livro entende a razão, não vou contar pra não estragar a onda de quem, como eu, adora ler um livro sem saber de nada ou quase nada a respeito do enredo. Pois então, tal limitação faz com que ela pense de forma diferente sobre a vida, sobre as pessoas, sobre ela mesma e sobre suas próprias questões, o que faz com que nós, leitores, tenhamos que entender as metáforas e ideias, muitas vezes poéticas, que ela expõe ao longo da história. Daí o porque da releitura – absorver muito mais a essência da trama e dos seus ensinamentos.

 

CulpaEstrelas4

 

Confesso que li o livro um tanto quanto afoitamente (pra atenção que ele merece de fato), porque queria ver se era tão fascinante quanto as pessoas e o status de best-seller prometiam. E é! Não de uma forma e-todos-viveram-felizes-para-sempre e sim de uma forma intensa, reflexiva, tocante e bem triste. Caíram vários ciscos nos meus olhos, chorona que sou! E dá pra ver que curto bastante livros e filmes com muita sensibilidade e “lições de vida”, né? Me deixam mais pra cima! Vocês me perceberão sempre indicando esse tipo de obra por aqui.

 

CulpaEstrelas3

 

Hazel um dia, meio que obrigada pela mãe a sair de casa, conhece alguém que vai colorir muito mais a sua história, o charmoso Augustus Water. Encontra nele mais do que um amor e sim também um amigo e uma alma gentil, que, por trás do seu bom humor e carisma gigantescos, sofre de forma tão intensa quanto ela. É justamente Augustus que vai fazer com que Hazel mude alguns dos sentimentos e posições quanto a sua forma de pensar, quanto ao relacionamento com os pais e, finalmente, quanto ao modo como deveria seguir com a vida. É com a ajuda dele que ela perseguirá um grande sonho e enfrentará um grande desapontamento – ao mesmo tempo em que vive situações das quais nem sabia que precisava ou queria viver.

 

CulpaEstrelas2

 

Eu diria que a presença do Gus, o Augustus, adoçou o coração de uma garota de vida nada fácil, que amadureceu precocemente e que, de certa forma, se endureceu para o mundo e seus dramas. E a reflexão que trago para nós, leitores ou futuros leitores, é: quem na vida de vocês cumpre ou cumpriu este papel? E por quanto tempo?